Para quem acha que Mustafary só fica por aí abraçando cachorros na praia e se deitando de rede em rede, ele prova que também sabe compor um bom reggae.

No Altas Horas deste sábado, o personagem der Marco Luque lançou o clipe da música “Energias Dilatadas”, que detalha momentos da vida sofrida de um “serumaninho”, como a “picada da mutuca” e “tererê raspando no mamilo”.

E o refrão é daqueles que não sai da cabeça! Quer ver o que rolou? Assista ao vídeo!

Acompanhe a letra do hit aqui em baixo:

Energias Dilatadas

Mustafary

“pae”, todo o sistema natural, “pae”
Fuma gelo, fique sem piscar
Tome o sol pelado
Quantas vezes a sua bola viu o sol?
Esse é você
Venha “pae”, venha

O mustafaraísmo é brisa de viver
Raspando no mamilo o meu tererê
E dilato nessa vibe de enlouquecer
Iê, Iê, Iê

Deitado na minha rede eu pude entender
Que a mutuca é enviada pelo lúcifer
Pra fazer a alegria virar deprê
Ô Iô, Iô, Iô

Energias dilatadas de um trovão
Brindando o cosmos e o damião

Já me esqueci
O que eu tinha pra dizer
Tentei lembrar
Mas insisti em esquecer

Não coma mais ovo, “pae”
Por quê?
Porque o ovo poderia vir a ser um ser
Em outras vidas esse ser
Poderia vir a ser você

O mustafaraísmo é brisa de viver
Sem piscar eu como “grães” até o anoitecer
Vejo elvis e gnomos no amanhecer
Ô Iô, Iô, Iô

A natureza é afrodite
Deusa que seduz
Vagalume é um bicho lindo
É um ser de luz
Que ilumina os caminhos com os seus cus
Uh Iú, Iú, Iú

Energias dilatadas de um trovão
Brindando o cosmos e o damião

Já me esqueci
O que eu tinha pra dizer
Tentei lembrar
Mas insisti em esquecer

(já me, já me esqueci não, rapá
Olha isso
Não é que eu esqueci
Eu nem lembrei
Entendeu?
Uma coisa é você lembrar uma coisa
Agora, você nem lembrar
Como é que você vai esquecer
Uma coisa que “cê” nem lembra?
É uma coisa muito mais além da frase, né?
“orra”, passou batido mesmo)
Mustafary